Têmpera

Wanda pouco se atém a fatos. Os fatos pouco importam para ela. Prefere mergulhar nos sentimentos dos fatos. O que torna sua poesia toda prânica e melíflua. A gente vê luzes, a gente lê sua alma e percebe que sua poesia não tem limites, é algo diáfano.
Seus versos com tudo e com todos se identifica.
Um jeito de ver a vida fluir, deixando a dor passar, deixando o amor passar, e dor de novo e amor de novo até tornar as emoções mais brandas, suaves e suportáveis.
Fátima Guedes (cantora e compositora)
Com envio Frete Grátis para R$ 0,00
Descrição

Acesse o e-book Têmpera

A Nova Poesia nasce, com sua beleza, sua opulência e sua função: arrebatar nossos sentimentos mais ocultos e complexos.

Wanda nos presenteia com a emoção requintada e ao mesmo tempo primitiva, selvagem, a emoção das paixões ferozes. Também nos captura pela profunda delicadeza que nos leva irremediavelmente à reflexão.

Wanda Alves é uma leitora de alma!

Citando Fernando Pessoa, “o poeta é um fingidor...”.

Quando escreve na primeira pessoa, é outra voz que diz algo para nós e sobre nós. Não é apenas de si mesma que ela está falando. É um truque, uma magia que usa, por meio das palavras, para embarcarmos na sua emoção e não nos darmos conta de que somos nós que estamos lá.

Sua poesia é instigante, genial e transformadora.

 

Jamille M. Vox

Opiniões

Ainda não há comentários para este produto.

Minha conta

Produto Recomendado