O Quintal Iluminado

Nessas páginas você não encontrará o milagre da cura sem a jornada para dentro de si mesmo.Certificará dados estatísticos verossímeis, surpreendentes e inquietantes, eliminando, assim, a falsa crença de que a depressão pode ser contornada apenas com medicação sem um trabalho árduo e perseverante de autoconhecimento e extrema reflexão.

R$ 35,00
Descrição

Acesse o e-book do livro O Quintal Iluminado

Nessas páginas você não encontrará o milagre da cura sem a jornada para dentro de si mesmo.Certificará dados estatísticos verossímeis, surpreendentes e inquietantes, eliminando, assim, a falsa crença de que a depressão pode ser contornada apenas com medicação sem um trabalho árduo e perseverante de autoconhecimento e extrema reflexão.Este livro convoca a necessidade imperiosa e urgente de burilar, esculpir de forma extraordinária o Ser Integral que habita em cada um de nós. A autora diz: “a depressão é uma grande mestra”! Como um alquimista que busca a transmutação da matéria-prima mais grosseira, na “Pedra filosofal”, precisamos, também, encontrar o verdadeiro sentido e propósito de nossas vidas.

Profª. Margarida de Fátima Beltrão  

 

A depressão não é uma doença típica da modernidade, como muitos pensam. Mas sem dúvida, as mudanças abruptas ocorridas no mundo no último século, contribuíram em muito para torná-la um mal ainda maior. É preciso ver, que o fanatismo por qualquer deus será sempre pernicioso, mesmo que este deus responda pelo nome Ciência ou Tecnologia, ou Economia de Mercado, ou Supremacia Militar, etc, etc.

Consequentemente o depressivo, antes de qualquer coisa, sente-se fora da “ordem do mundo” e encontra forças também descomunais que o interpretam como aberração, um erro de funcionamento entre as máquinas talhadas para a felicidade, a alegria e o sucesso, não importa a que preço. 

A verdade é que a pílula da felicidade não ensina o caminho da reflexão profunda, da reconstrução calma e determinada, que se faz em ciclos, em círculos, em espirais, mas nunca numa única reta ascendente. 

O ser humano ainda é mistério, apesar da Filosofia, da Antropologia, da Religião, da Psicologia, e o que mais vier. O ser humano ainda é mistério apesar do genoma e dos clones, e o que mais vier. Não só o dia mas também a noite fazem a beleza da vida. E “O Quintal continua Iluminado.” 

Drª Neusa Steiner (Psiquiatra e Escritora) 

 

Vamos encontrar na leitura destas páginas um percurso repleto de emoções, sentimentos, de encontros e desencontros de quem trilhou os caminhos do autoconhecimento na busca de si mesma. Embora não seja um livro de poesia, ela se faz presente ao longo de todo o discurso, que tem em seu lado dramático, a vivência de um mundo dionisíaco, catártico. Não podemos dizer, também, que se trata de um livro autobiográfico, em sentido cronológico dos acontecimentos; mas sem dúvida, trata-se de um livro cuja existência foi testada em seus limites. 

Não se trata de um livro de memórias históricas, mas de um livro de memórias existenciais. O drama vivido pela autora serve de pano de fundo para uma das mais abrangentes pesquisas sobre a depressão, seus sintomas e seus efeitos realizados neste país de forma acessível e humana. A doença é analisada do ponto de vista existencial, psíquico, bioquímico, físicoquímico, político, cultural e religioso. 

Talvez muitos do que estão em busca do seu “quintal iluminado”, estejam ainda presos à caverna de si mesmos, vivendo a ilusão das trevas. A autora quer “iluminar” o “quintal” de todos nós, oferecendo um exemplo de coragem, de luta e vontade de vencer seus próprios monstros e sombras. 

Ao referir-se à depressão, Wanda percorre todos os caminhos dos seus sintomas, como o pânico, as fobias, a melancolia, a dor profunda da alma, etc., traçando um roteiro didático de como esses sintomas agem e se manifestam, denunciando que algo não está bem e que é preciso investigar. 

Ler este livro é estar definitivamente na companhia de uma história ao mesmo tempo chocante e brilhante, em que luz e sombra dão o lusco-fusco real de uma trama dramática.

Chocante, porque narra a trajetória de uma pessoa que, na busca de si mesma, enfrenta situações desafiadoras, nulificantes, carregadas de medo e ansiedade. Brilhante, porque nos conta uma jornada heroica, em busca da transcendência, através do conhecimento de si mesma.

Mário Luiz Pardal (filósofo e professor)

 

Opiniões

Ainda não há comentários para este produto.

Minha conta

Produto Recomendado

livro-echo_290x290
R$ 30,00